Mensagens

2021

Imagem
2021 🦠  É possível que esteja a ficar mais chato, à medida que me aproximo dos 40 (Calma! Ainda faltam 2!), mas a verdade é que eu nunca pensei que que pudéssemos, algum dia, chegar a esta situação.  Na altura em que, nas grandes cidades, já muitos tinham o seu espaço de brincadeiras restringido às paredes das suas casas, eu brincava na rua dias inteiros.  Na altura em que muito já passavam tardes a ver desenhos animados, eu brincava na rua dias inteiros.  Mas isto era a vida na província. Onde a ocasião demorou tempo a fazer o ladrão. Onde as minhas avós tinham um cordel na porta para a abrir, sem ser necessário trancar tudo às “sete chaves”.  Hoje sou pai.  Ninguém me deu um manual de instruções, sobre como devo proceder enquanto um dos “chefes de equipa”, mas existiam muitas coisas que eu dava como adquiridas, enquanto as crianças crescessem e criassem as suas próprias experiências.  É verdade que vivemos tempos ímpares, que, espero eu, sejam ultrapassados a médio prazo, mas também

A Dúvida do Momento

Imagem
Começo a não saber, bem, como me devo posicionar. Será tudo isto uma obra de laboratório? Será tudo isto apenas uma "javardice chinesa"? A verdade é que o vírus é agressivo, e que contagia com uma rapidez a que nunca tinha assistido, mas depois ponho-me a ler estatísticas e chego às seguintes conclusões: - Pessoas que morreram em Portugal, em 2018/2019, devido à gripe: 3331; - Pessoas que morreram em Portugal, em 2019, devido ao frio: 397; Fonte: Programa Nacional de Vigilância da Gripe ------------------------------------------------------------- Justificar-se-á todo este sacrifício económico? Justificar-se-á a probabilidade, cada vez maior, de vivermos uma nova crise de desemprego e de falência de empresas em Portugal (e no mundo)? No meio de tantas dúvidas, fui ainda mais longe, e decidi obter dados sobre a morte, em Portugal, por AVC. De acordo com o estudo efetuado pelo Centro de Estudo de Medicina Baseada na Evidência da FML, pelo Centro de Estudos Ap

BASTA!

Imagem
Ando aqui às voltas com a notícia desportiva do dia. Acho que esta suposta vinda do Rúben Amorim para o Sporting, não passa de uma mentira, antecipada, do 1 de Abril, que vem compor a época desastrosa que os responsáveis do Sporting têm apresentado. 10 Milhões de Euros por um treinador sem curso (mais um!), depois de se ter vendido o Bas Dost por 7 Milhões, por exigências de tesouraria (dizem!), só pode, mesmo, ser uma piada. Nesta época, a 15a época que tenho de GameBox, investi, entre quotas e lugar de época, cerca de 585€. Com a ajuda do DDT da família, meu pai, e avô do Henrique, investiram-se, para o Júnior, 210€+39€ de quotas, num lugar para uma criança de 6 Anos! (Mais uma óptima obra do Dr. Varandas, tendo em conta que é a primeira vez que se praticam preços tão elevados para a "Box" infantil). Contas feitas, falamos de 834€/ano, cá por casa. E porque faço eu estas contas? Porque se existirem, e existem, pelo menos, 10000 pessoas a pagar tanto como eu, esta

Esquizofrenia Futebolística

Imagem
O futebol tem destas coisas. A maioria de nós transforma-se, cerra os punhos, utiliza o pior vernáculo e faz juras de ódio ao rival. Foi assim comigo e com Jorge Jesus.  Sempre lhe reconheci o mérito, enquanto treinador do Vitória de Setúbal e do Belenenses, mas passei a considerá-lo insuportável quando representou o Braga e se transferiu para o Benfica. Na verdade, no que ao Benfica diz respeito, talvez a minha inveja me tivesse dominado e se tenha confundido com o “ódio natural” que se sente pelo rival. Fanfarrão, Vaidoso, Gingão e autêntico “Assassino da Língua de Camões”. A sua chegada ao Sporting foi recebida, por mim e por muitos, com entusiasmo. Os estádios enchiam, a equipa jogava bom futebol, os pontos iam-se acumulando, mas a fanfarronice não diminuía. Um campeonato disputado até ao último jogo e, como acontece quando joga a Alemanha, no fim venceu o Benfica!  Podemos reduzir a passagem de JJ a este feito, mas eu, mero sportinguista habituado a sofrer e nada ga

Só no Sporting...

Imagem
- É que se invade uma Academia; - É que é arguido, por terrorismo, um ex Presidente; - É que os jogadores rescindem sem justa causa; - É que os jogadores voltam a peso de ouro e com clausulas a desfavor do Sporting; - É que se contrata, novamente, o José Peseiro; - É que se elege um "Frederico Varandas" como presidente; - É que se contrata um "Keizer" como um salvador da formação e a única coisa que este faz é afastar tudo o que restava em Alcochete; - É que se vende ao desbarato, sem acautelar as necessidades da equipa, antes do fecho de mercado; - É que se inscrevem excedentários (Viviano e Matheus Oliveira) e se deixa de fora o único ponta de lança disponível, para além de Luiz Phellype; - É que se pensa que o Leonel Pontes pode ser "um Bruno Lage", quando no passado o Visionário Varandas despachou o Tiago Fernandes!; - É que o capitão diz à boca cheia que quer sair (Moutinho foi o primeiro) e aparece filmado, sem qualquer responsável por per

Bruno

Imagem
Pois é Bruno, que saudades do Sporting de 2013! Naquele momento o Sporting voltava a ser nosso, dos sócios, e teu enquanto pessoa que saía do anonimato da bancada e que queria devolver-nos as alegrias de outros tempos. Foste do céu ao inferno em 5 anos e não deixas saudade. Aquilo que dizias que era nosso, passou a ser só teu e a tua história terminou sem brio. Felizmente, o Sporting Clube de Portugal continua a mostrar que é um clube vivo, forte e cheio de novas gerações. O Sporting Clube de Portugal não vence o campeonato há 16 anos e a onda verde continua a crescer de norte a sul do país, não esquecendo as ilhas. Frederico Varandas, em campanha, não me convenceu...mas venceu! A partir de hoje, tal como José Peseiro é o meu treinador, também Frederico Varandas será o meu Presidente. Que se vire a página, Que se arrume a casa, Que se dê continuidade ao que foi bem feito, Que se elimine o que não faz parte do ADN do Sporting Clube de Portugal. Seguimos

O Sporting somos NÓS!

Imagem
Caro Bruno de Carvalho, Eu, com 35 anos, fui duas vezes sócio do Sporting (antes correspondente, agora efectivo) e levo 13 anos de Game Box! Sempre fui “à bola” sem pedir nada em troca! Em criança sempre gostei mais “da bola”, do que dos clubes e das camisolas. Poderia ter sido do Benfica, do Porto ou do Sporting. Ninguém me desviou para o Sporting, fui eu que me alinhei. A primeira memória fiel que tenho de um jogo do Sporting, é também aquela que me permite dizer que vi jogar Maradona: 1989! Ser do Sporting, em criança, não foi tarefa fácil! Nasci no fatídico ano de 1982 e demorei 18 anos até que o Sporting fosse campeão. 60% da população portuguesa é do Benfica, logo, 60% dos meus amigos, familiares e conhecidos sofrem desse mal. No meu tempo de criança não haviam camisolas da marca original ou, se haviam, demoraram mais tempo a chegar ao Alentejo! No futebol de rua cada um tinha o seu clube, mas jogávamos lado a lado. O importante era o barulho da bola a ba